fbpx
 

Como funciona o algoritmo do Instagram?

algoritmo-instragram

Como funciona o algoritmo do Instagram?


O funcionamento do algoritmo do Instagram é tema de muita discussão entre influenciadores, empresas e profissionais de marketing digital.

Mas porque esse assunto é tão importante?

Qualquer empresa que deseje que seu conteúdo alcance o maior número de pessoas deve entender sobre o funcionamento da plataforma para garantir o retorno do seu investimento.

Ficou curioso? Quer saber mais? Então continue lendo esse artigo que preparamos para você:

Instagram, a rede social mais interativa

O Instagram é uma das redes sociais mais populares, batendo a marca de 1 bilhão de usuários ativos em todo o mundo no ano de 2018.

O Brasil é o segundo país com mais usuários ativos na plataforma, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Perfis comerciais no Instagram já somam quase 20 milhões, com 2,5 milhões sendo anunciantes.

Além desses números impressionantes, a rede social também é a que tem mais interações entre os usuários, sendo 15 vezes mais interativa que o Facebook.

Levando em conta esses dados não é de se impressionar toda a atenção que qualquer alteração no funcionamento do aplicado promove entre influenciadores e empresas.

O que é o algoritmo?

O tão falado algoritmo está relacionado ao modo como as postagens são exibidas na linha do tempo, o feed, dos usuários.

Até 2016 o feed do Instagram funcionava em ordem cronológica. As postagens eram organizadas de forma temporal, com as mais recentes no topo do feed e as mais antigas abaixo.

Foi nesse ano que a companhia divulgou o começo do uso de algoritmos para definir a ordem de exibição das postagens.

Essa mudança foi recebida de forma bastante negativa por muitos influenciadores que viram o número de interações orgânicas em suas postagens diminuírem significativamente.    

O Instagram afirmou que o objetivo da alteração é que os usuários encontrem os conteúdos mais relevantes para eles em primeiro lugar.

Machine learning é umas das tecnologias usadas para que o algoritmo aprenda com o usuário, criando um feed cada vez mais personalizado.

O objetivo é que o algoritmo “adivinhe” quais são os conteúdos mais relevantes com base nas interações dos usuários em forma de curtidas, comentários e compartilhamentos.

Como funciona o algoritmo?

O algoritmo do Instagram leva em conta três fatores principais para organizar o feed dos usuários: interesse, novidade e relacionamento.

Interesse

O interesse, ou relevância, é calculado com base no comportamento anterior do usuário em postagens semelhantes.

O algoritmo faz uma análise em tempo real com base no conteúdo do post, levando em conta a imagem, texto e hashtags.

Por exemplo, se um usuário interage muito com posts de culinária mas pouco com posts sobre automóveis, uma postagem de uma receita terá mais chance de ficar no topo do seu feed do que uma postagem sobre seguro automotivo.

Por isso o engajamento é tão importante, quanto mais as pessoas interagirem com a conta da sua empresa, maior será a chance de suas postagens aparecerem no topo do feed dos usuários.

Novidade

Apesar de o Instagram não trabalhar mais com o feed cronológico ainda é levada em conta a temporalidade das postagens.

Postagens mais recentes têm prioridade em detrimento das mais antigas.

Isso não quer dizer que você deve postar várias vezes ao dia. Essa, por sinal, é uma das maiores inverdades espalhadas sobre a plataforma.

O excesso de postagens pode acabar cansando os usuários. Vale mais a pena criar menos postagens com mais relevância do que bombardear o público com conteúdos rasos e que não geram envolvimento.   

Não existe uma fórmula mágica para definir o número ideal de postagens. É preciso fazer testes e análises da conta e do público para chegar a um calendário de publicação que funcione.

Relacionamento

O relacionamento é o terceiro fator levado em conta pelo algoritmo.

O instagram analisa a profundidade do relacionamento entre os perfis dos usuários. Contas com mais frequência de interações são identificadas como mais relevantes.

É por isso que quando abrimos o aplicativo as postagens dos amigos e das marcas preferidas aparecem logo no topo do feed.

Aqui são analisados além de curtidas e comentários, também as marcações em postagens, os compartilhamentos e as mensagens privadas.

As buscas de temas e hashtags realizadas pelo aplicado também entram nessa conta.

Novamente batemos na importância do engajamento com os seguidores.

Fatores secundários

Interesse, novidade e relacionamento são os fatores principais levados em conta pelo algoritmo na hora de definir a ordem das postagens no feed, mas eles não são os únicos.

Fatores secundários, mas também importantes, são: a frequência de uso do aplicativo, a forma de uso do aplicativo e a quantidade de perfis que são seguidos.

Os usuários que abrem o Instagram varias vezes ao dia verão um conteúdo recente a cada vez. Já aqueles que usam o aplicativo apenas algumas vezes por semana visualizarão postagens mais antigas.

O algoritmo também analisa o tempo que o usuário gasta no aplicativo em cada sessão para sugerir os posts. Se você fica apenas alguns instantes com o Instagram aberto serão mostradas apenas as postagens considerados como prioritárias.

Quanto mais perfis o usuário segue, maior o número de dados que o algoritmo tem para trabalhar. Quem segue apenas algumas pessoas, verá mais postagens de cada pessoa. Já quem segue milhares de perfis, visualizará menos postagens de cada conta.

Como aumentar o engajamento?

Como você já conferiu, a palavra-chave para que os conteúdos de sua marca tenham maior alcance orgânico é o engajamento!

Temos algumas dicas fundamentais para te ajudar na hora de configurar sua conta na plataforma e criar conteúdos:

  • Desenvolva sua bio com informações relevantes, deve constar uma breve descrição da marca, o site, endereço físico (para negócios locais) e formas de contato (telefone, e-mail, WhatsApp);

  • Procure desenvolver uma identidade visual para sua conta, uniformize o modelo de conteúdo produzido;

  • Produza imagens atrativas, fotos e vídeos devem ser claros e bem enquadrados;

  • Crie legendas interessantes para as imagens, as descrições devem ser concisas e usar linguagem clara;

  • Evite alterar o conteúdo das legendas nas primeiras 24 horas da postagem;

  • Entenda o perfil dos seus seguidores, identifique as personas e direcione o conteúdo para elas;

  • Identifique qual é o melhor horário para as postagens, analisando o comportamento dos seguidores e seu engajamento com as conteúdos;

  • Priorize o desenvolvimento de um relacionamento com os usuários a longo prazo, é importante que você responda as mensagens e comentários com agilidade;

  • Use o Instagram Stories, divulgue conteúdo dos usuários, mostre os bastidores da marca, crie enquetes;

  • Faça vídeos ao vivo no Stories;

  • Use hashtags relevantes para a marca e para o conteúdo das postagens;

  • Firme parcerias com influenciadores que tenham a ver com a marca;

  • Impulsione os resultados orgânicos com ajuda de anúncios;  

  • E claro, não faça SPAM ou compre seguidores, o Instagram penaliza os perfis que fazem uso desse artifícios;

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre mídia sociais e como o Instagram pode aumentar as vendas da sua empresa? Entre em contato conosco e fale com um de nossos especialistas!

No Comments
Post a Comment