fbpx
 

Como o Marketing de Influência pode ajudar seu negócio

Como o Marketing de Influência pode ajudar seu negócio

Qual foi a última vez que você fez uma compra sem pesquisar antes sobre a marca ou produto? Apostamos que você já usou reviews para optar por um hotel ou pacote de viagem para as férias.

Os consumidores estão cada vez mais qualificados, avaliando os prós e contras antes de abrir a carteira. É nesse cenário que o Marketing de Influência, também conhecido como Influencer Marketing, torna-se uma peça-chave na estratégia digital de qualquer empresa.

Quer saber como o Marketing de Influência pode ajudar seu negócio? Então, continue lendo esse artigo que preparamos para você!  

Marketing de Influência, histórico e definição

Fazer uso de pessoas influentes, como celebridades, para divulgar um produto ou serviço não é uma novidade. Essa prática remonta ao final do século XIX quando a Rainha da Inglaterra e até mesmo o Papa serviam como embaixadores de remédios.

Os anos 50 também viram uma explosão do Marketing de Influência, com a criação de personagens associados a grandes marcas. O case do Marlboro Man é um exemplo do sucesso dessa estratégia.

O Marketing de Influência  continuou sendo utilizado mais ou menos nesse mesmo formato até meados dos anos 2000.

Com a explosão das redes sociais nos últimos anos, especialmente do Facebook, Instagram e Youtube, o Influencer Marketing passou por uma transformação.

Já não são apenas as estrelas de cinemas ou jogadores de futebol que influenciam as pessoas a comprarem produtos.

Surgem nas redes sociais influenciadores mais “gente como a gente”, figuras que conquistaram uma legião de seguidores compartilhando seu dia a dia na internet.

O Marketing de Influência é uma das melhores ferramentas para engajar clientes e influenciar sua decisão de compra.

Os dados não mentem, segundo uma pesquisa da Deloitte em 2016 72% dos millenials foram influenciados por contatos nas redes sociais.

A Entrepeneur Magazine, umas das mais bem cotadas publicações americanas de empreendedorismo, divulgou em 2017 um levantamento que afirma que 92% dos consumidores confiam mais em recomendações de pessoas do que de marcas.

Tipos de Influenciadores Digitais

Dentro da estratégia de Influenciar Marketing pode-se diferenciar três tipos principais de influenciadores: as celebridades, os blogueiros e youtubers (aqui também entram influenciadores em outras mídias) e os everyday influencers (influenciadores do dia a dia).

As celebridades já são velhos conhecidas, o que mudou foi o meio. Muitas delas aproveitaram a fama de outros veículos para transpor sua marca para as redes sociais.

Muitos blogueiros e youtubers começaram seus canais para expressar suas opiniões como uma voz independe das grandes mídias. Entretanto, hoje alguns deles alcançaram tanto sucesso que foram alçados ao status de celebridades digitais.

Whindersson Nunes ficou em quarto lugar em uma lista da BBC dos Youtubers com maior número de seguidores.

O brasileiro acumula mais de 34 milhões de seguidores no Youtube e 29 milhões no Instagram. Whindersson já participou de campanhas para gigantes como Penalty e Oi.

Hoje é possível encontrar influenciadores digitais dos mais diversos segmentos, como moda, beleza, saúde, esporte, nutrição, maternidade, entre outros.

Já os influenciadores do dia a dia são as pessoas comuns que falam de suas experiências com os produtos de forma espontânea.

É o marketing boca a boca. Aqui entram nossos amigos e familiares, pessoas em que baseamos nossas decisões de compra.

Reclame Aqui e Booking.com são ótimos exemplos de portais onde os influenciadores do dia a dia afetam a opinião dos consumidores sobre marcas, produtos e serviços.

Como montar uma estratégia de Influencer Marketing efetiva

Agora que você já entendeu o que é Influencer Marketing e os principais tipos de influenciadores digitais, deve estar se perguntando qual é a melhor forma de montar uma estratégia efetiva de Marketing de Influência.

O primeiro passo é definir qual o principal objetivo a ser alcançado com essa estratégia de marketing digital. Impulsionar as vendas? Aumentar a presença da marca nas mídias sociais? Geral leads?

Com o objetivo em mente é hora de pensar no público. Ter uma Buyer Persona bem definida auxilia muito nessa hora. Se sua empresa ainda não criou personas para seu negócio, temos um artigo com dicas para facilitar esse processo, confira!

Agora que você já sabe qual é o público que deseja atingir e a mensagem que quer passar, é o momento de escolher os influenciadores adequados.

Levar em conta apenas o número de seguidores não é a melhor forma de escolher. É preciso mapear os influenciadores que tenham a ver com o negócio de sua empresa e uma linguagem que seja adequada ao seu público-alvo.

Ferramentas como a Buzzsumo e a Celebryts oferecem um sistema de busca por palavra-chave para encontrar influenciadores que pode ser bastante útil.

Escolhidos os influenciadores é a hora de fazer o contato. Você pode fazer uso de uma agência ou falar diretamente com o influencer, através dos canais divulgados em suas redes.

Feito o contato, o próximo passo é criar uma estratégia em conjunto com o influenciador. Muitas empresas erram ao impor um conteúdo engessado e sem liberdade.

O público percebe quando isso acontece, reconhecendo quando a opinião de um influenciador é na verdade um press release maquiado.

Acertado o escopo e a linguagem é hora de dar o start na campanha e acompanhar o seu andamento. Não deixe de fazer um planejamento completo com as datas e mídias para monitorar essa etapa.

Acabou? Ainda não, após o encerramento da campanha ainda falta um passo principal: a mensuração e a análise dos resultados de acordo com os objetivos pretendidos.

Algumas métricas úteis para medir o resultado das ações são: alcances das publicações, visitas ao site, número de leads ou de vendas.

Gostou do artigo? Quer conhecer mais sobre marketing digital e como aumentar as vendas da sua empresa? Entre em contato conosco e fale com um de nossos especialistas!





No Comments
Post a Comment